O ser humano está sendo desumanizado

0
163
Cadela passeando em carrinho num shopping enquanto crianças usam trela (Foto: Jhonatan Vieira/Correio Braziliense).

O homem é o ser mais perfeito e completo da criação. Criado à imagem e semelhança de Deus, ele é capaz de dominar todas as espécies, construir obras faraônicas, navegar sobre o oceano, amar o seu semelhante e a mais sublime delas: gerar filhos e educá-los. O homem foi criado no sexto dia e a satisfação do Criador foi tanta que, no sétimo dia, descansou: a obra estava completa. Não tão completa porque ainda faltava a mulher, tão importante quanto o homem, gerada de sua costela.

Apesar do homem ter sido criado de forma tão especial e única, podemos observar que há uma inversão de valores que faz com que muita gente pense que o homem não vale nada. Somos bilhões de pessoas no mundo, cada uma com seu DNA exclusivo. E mesmo diante disso, estamos assistindo a um processo de desumanização que é bastante preocupante.

Preocupante porque, ao mesmo tempo em que os homens perdem seu valor, os animais estão sendo tratados como gente. Há uns 25 anos, uma socialite famosa estampou capas de revistas exibindo uma mega festa de aniversário preparada para sua cachorrinha. O que na época escandalizou uma geração acostumada a criar cachorros no quintal, que não permitia que eles sequer entrassem dentro de casa, hoje é visto com muita naturalidade.

A indústria e o comércio já perceberam o mercado promissor: há hotéis, creches, petshops sofisticados e até padarias para os animaizinhos. Os veterinários já estão fazendo ultrassom em cachorrinha em domicílio. Que mulher grávida já desfrutou de uma mordomia dessa?

Não há dúvidas de que está havendo uma supervalorização dos bichos, inclusive, já existem casais preferindo criar animais a gerar filhos. Isso é perigoso, porque onde há idolatria a animais, há sacrifício humano. Esta ideia de que os animais valem mais do que gente está totalmente equivocada, pois o homem tem valor porque é o ser mais inteligente da criação e por ter domínio da natureza. Já parou para pensar que sem homens não haveria pontes, prédios, aviões, carros e todos os luxos a que estamos acostumados? Essa geração, enganada com ideologias perversas anticristãs, não está conseguindo atribuir valor correto às pessoas e às coisas da vida.

Obviamente que os animais são importantes, porém eles são menos importantes do que as pessoas, que são seres espirituais e possuem alma. É preciso resgatar, com urgência, a imagem do ser humano como obra-prima da criação, para não termos que ver jornalistas reivindicando o direito de uma égua ter seu filhote, enquanto louvam o assassinato de um bebê no ventre de sua mãe.

Não há motivos que justifiquem o assassinato de um bebê em nenhum momento da vida, e se alguém considera o aborto como coisa normal, é porque já foi contaminado por ideologias satânicas.

Olhe para o ser humano como um ser semelhante a Deus, criado para expressar Sua glória. Só assim teremos homens e mulheres capazes de construir uma geração forte e capazes de garantir a existência das próximas que virão.

Participe da conversa

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui