Gerar filhos: nobre missão que pode salvar o Ocidente

1
236
Foto: Pixabay

A civilização ocidental está em perigo: enquanto os muçulmanos valorizam a quantidade de filhos e usam este artifício como forma de ampliar seus domínios territoriais, nós, ocidentais, nos esquecemos do primeiro ordenamento divino “crescei-vos e multiplicai-vos”. Estamos atarefados demais com as coisas deste mundo e nos esquecemos da importância de gerar filhos para cumprir o propósito de Deus. 

O mundo moderno trouxe algumas facilidades e confortos inimagináveis para as pessoas de épocas passadas. Nem mesmo os reis da antiguidade tiveram tantos luxos como o homem comum dos dias atuais. E assim o homem contemporâneo vive sempre em busca de algo material que possa satisfazer alguma necessidade e acaba se esquecendo que também é um ser espiritual. Isso é perigoso porque, se a vida é curta e não vemos sentido espiritual nela, queremos aproveitá-la com o máximo de prazeres mundanos e o mínimo de problemas possíveis.

E essa é uma das razões pelas quais os casais modernos não querem ter filhos. Acham que os filhos dão trabalho e que vão limitar seus prazeres na Terra. Já vi casais rejeitando a paternidade porque filhos dão muitas despesas também. Por incrível que pareça, os cristãos têm sido afetados por essa visão e, por isso, a população cristã está diminuindo. Enquanto casais cristãos têm dois, um ou nenhum filho, os muçulmanos têm 10 ou até mais filhos. 

É verdade que os filhos dão trabalho e dão despesas, porém é uma missão que vale a pena. O mundo carece de homens e mulheres de Deus dispostos a abrir as suas bocas e testemunhar o amor de Deus pela humanidade e a proclamar o evangelho que cura, liberta e salva o homem do inferno. Serão os filhos de cristãos, educados na palavra de Deus, que carregarão nossos princípios e valores e, onde eles estiverem, serão a semente que poderá salvar o mundo ocidental. 

Portanto, tenham fé, creiam nas promessas de Deus e tenham filhos. Preparem-se para gerar e educar seus filhos. Não temam porque é o Senhor é quem vai guardar e capacitar-lhes para que seus filhos sejam a semente divina que falta para que a nossa civilização seja fortalecida e ganhe forças para não sucumbir a outro sistema totalmente estranho, ao qual nós não estamos acostumados a viver. 

1 COMENTÁRIO

Participe da conversa

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui