A prisão é o melhor remédio?

0
146
Facebook/reprodução
Entrevista de Gilmar Mendes à Rádio Bandeirantes em 15 de junho de 2020. (YouTube/reprodução)

O Ministro do Superior Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes é conhecido por atuar ativamente contra a prisão de inúmeros criminosos e corruptos. Na manhã de hoje (15/06), em entrevista para a Rádio Bandeirantes, o ministro comentou sobre a prisão política de Sara Winter: “A prisão preventiva pode ser o adequado remédio neste momento.”

Vamos lá, nem todos concordavam com os métodos quase absurdos da Sara. Porém era de ampla concordância que ela tinha esse direito de se manifestar, uma vez que fazia o uso de símbolos e se utilizava de atos pacíficos sem qualquer ataque físico a instituições e opositores. Só externava sua discordância com as ações inconstitucionais e antidemocráticas promovidas pela Suprema Corte, que não é apenas a opinião baseada em fatos deste que vos escreve como também de vários outros juristas reconhecidos nacional e internacionalmente.

O mais espantoso é ouvir que a prisão é o melhor remédio saindo da boca do laxante da corte máxima do país que tem em seu histórico mandar soltar as mais variadas personalidades como o “casal Garotinho”, ladrões, promotor acusado de receber propina, alguns nomes presos na Operação Lava Jato e até ontem ser contra prisões. Mas não é de hoje que ele muda repentinamente de opinião revelando nessa sua inconstância ou um traço de mentalidade perturbada, ou de salteador mesmo.

E como algoz e originador do pedido da prisão temos o ministro Alexandre de Moraes, que também tem fortes traços de dupla personalidade, pois ora defende em tese de doutorado a impossibilidade de um Ministro de Estado aceitar cargo e ser nomeado a ministro do STF e foi assim que ele galgou sem peso na consciência e hipocritamente para a vaga que ocupa.

Ele, que se enquadra como vítima, promove a investigação, assume papel de acusador e provavelmente irá julgar esse inquérito que nasce numa impossibilidade jurídica gigante cometendo assim um dos crimes mais perversos contra a humanidade, a privação ao direito da ampla defesa e do contraditório!

Por isso que concordo que o melhor remédio para a democracia seja a prisão preventiva , mas não de manifestantes (mesmo que discorde totalmente do método usado pela Sara) e sim dos Ministros!

Participe da conversa

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui