Veganismo e vegetarianismo são riscos à saúde

1
142
Imagem de RitaE por Pixabay.

A cada início de ano é comum estabelecermos planos de mudança de hábitos para melhorar nossa saúde física, mental e emocional. Muitas pessoas escolhem o primeiro mês do ano para iniciar a adoção de um estilo de vida vegano ou vegetariano.

Vegetariano é uma pessoa que não come carne. Alguns comem uma variedade menor de tipos de alimentos, enquanto outros têm uma visão mais flexível do seu plano de refeições. Aqueles que seguem uma dieta menos restrita são os chamados lactovegetarianos (que ingerem laticínios), ovo vegetarianos (que incluem ovos em sua alimentação) ou ovo-lacto vegetarianos (que excluem apenas carne, comendo ovos e laticínios).

O plano alimentar mais restrito é praticado por veganos, que são os que não consomem produtos ou subprodutos de origem animal. Isso inclui toda a carne, todos os produtos lácteos e mel, cera de abelha, insetos, gelatina ou outros produtos derivados dessas fontes, como couro, seda ou lã.

Contradizendo alegações disseminadas na internet, Tim Key, professor da Universidade de Oxford e vegano há muitos anos, disse à BBC News que existe um risco real de deficiência de vitamina B12 quando as pessoas restringem sua dieta sem pesquisar os nutrientes que podem precisar para suplementar.

As pessoas que praticam o vegetarianismo geralmente consomem mais alimentos processados, ricos em produtos químicos, toxinas e carboidratos. Além dos riscos à saúde dos alimentos processados, nem os alimentos à base de plantas nem os processados ​​fornecem vitamina B12 biodisponível suficiente para evitar uma deficiência.

Esta vitamina do complexo B ajuda o corpo a converter alimentos em combustível e é especialmente importante para o sistema nervoso, o que explica muitos dos sintomas de sua deficiência, que podem ser variados e incluir fortes dores nas articulações, icterícia e falta de ar. Eles podem aparecer de repente ou gradualmente.

Se a deficiência não for tratada, pode ser fatal ou causar doença neurológica grave e permanente. Veganos e vegetarianos devem sempre procurar um médico nos primeiros sintomas de anemia, dor de cabeça, língua inchada ou inflamada, problemas de equilíbrio, neblina mental e dificuldade de memória ou formigamento nas mãos, pés ou pernas.

Por que não se pode obter Vitamina B12 das plantas

Existem algumas fontes vegetais de vitamina B12, mas estas também possuem substâncias análogas da vitamina B12 – que são moléculas muito semelhantes em estrutura à vitamina B12, mas que não ativam no corpo e bloqueiam a absorção da verdadeira vitamina B12 –. Na prática, isso significa que, à medida que se come mais alimentos vegetais com o análogo, mais a necessidade de vitamina B12 aumenta.

A verdadeira vitamina B12 é encontrada quase exclusivamente no tecido animal, incluindo alimentos como carne e fígado bovino, cordeiro, carne de veado, aves e ovos. Portanto, aqueles que praticam vegetarianismo e veganismo geralmente são deficientes e podem não ter conhecimento do problema até que seja tarde demais.

O uso de suplementos de vitamina B12 não é recomendado porque, com a ingestão de carnes, o corpo humano naturalmente produz vitamina B12 ativa a partir de bactérias que vivem no intestino grosso. Portanto, se ela for produzida em outra área do intestino, ela não fica biodisponível.

Além de veganos e vegetarianos, a deficiência de vitamina B12 costuma atingir idosos e pessoas com diabetes, HIV, que fizeram cirurgia para perda de peso, que têm doenças que reduzem a absorção de nutrientes (como doença de Crohn, doença pancreática ou infecções por H. pylori), que bebem regularmente mais de quatro xícaras de café por dia ou que consomem bebidas alcoólicas regularmente.

Em 2014, pesquisadores do Departamento de Ciência da Nutrição da Universidade da Carolina do Leste nos Estados Unidos descobriram que a deficiência de vitamina B12 em bebês pode chegar a 45%, enquanto em crianças e adolescentes pode chegar a 33,3% caso sigam dietas restritivas. Os dados deste estudo revelaram maior prevalência desta deficiência em veganos, e mostram que vegetarianos também tinham uma deficiência maior do que o público em geral.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui