A defesa do “modus vivendi” dos índios brasileiros e as “crianças verdes” (3)

Terceira parte de uma série de artigos.

1
410

Leia a primeira parte e a segunda parte deste artigo.

O que falta para a formação de novos Estados-nação na América do Sul? Por que ainda não surgiu uma pauta de reivindicação pela independência de povos indígenas da Amazônia? Parece-me que a estratégia já está sendo processada por meio das bandeiras ambientais. Trata-se da formação de uma “geração verde” preocupada com a salvação do mundo.

Em setembro de 2019, milhões de jovens de vários países saíram às ruas exigindo bloqueio às mudanças climáticas como forma de salvar o planeta, como se fosse humanamente possível impedir tais mudanças. Parece-me que jovens de países ricos, bem nutridos e escolarizados, foram imunizados cognitivamente. Acho que nunca assistiram aulas de biologia ou geografia para compreenderem como funciona a dinâmica climática desde milhões de anos antes de qualquer atividade industrial.

O clima está em constantes mudanças e nada pode ser feito para alterar tal trajetória. Resta apenas desenvolvermos estratégias para sobrevivermos às mudanças que são implacáveis. Só infantis e incautos acreditam que é possível conter as forças da natureza.

Perdão jovens europeus, mas acho que vocês deveriam sair às ruas para protestarem contra a plantação de maconha e coca cujos produtores praticam desmatamento na América do Sul para plantarem as drogas que alimentam os delírios e devaneios de milhões de viciados. O protesto de vocês neste sentido ajudaria a chamar atenção das autoridades para a preservação do ambiente local. O custo ambiental e, consequentemente, o econômico, é enorme não só com a queda de produtividade e despesas com tratamento de saúde, como também por conta das instabilidades familiares.E nem vou comentar as milhares de vidas ceifadas dentro da cadeia produtiva das drogas.

Que ironia! Muitos de vocês europeus e americanos assumem posturas ecologicamente corretas, recusando-se a consumirem produtos sob a alegação de uso de agrotóxicos, mas morrem por overdose. Por acaso, alguém protesta deixando de fumar ou cheirar alegando o uso de agrotóxico no produto da recreação? Ou mesmo que o apreciado produto tenha sido produzido com trabalho análogo à escravidão?

O fato é que a geração verde já nasceu e está espalhada pelo mundo inteiro. Ela é global e já contaminou até os povos de países africanos desprovidos de água potável e rede de esgoto. Ironicamente, parte dessa geração verde que quer salvar o planeta não conseguirá salvar a si própria simplesmente porque ainda bebe água contaminada e não tem vaso sanitário para defecar. Para milhares de “jovens verdes”, que não deixarão descendentes com a missão de salvar o planeta, o mundo acabará só para eles: morrerão em breve de diarreia, malária, tuberculose, sarampo, deficiência respiratória, AIDS e até por doença do sono que é provocada por protozoários cujo vetor é a mosca tsé-tsé.

Não ficarei surpreso se um dia tivermos a seguinte pauta como solução para salvar o mundo: a criação de um imposto ambiental internacional e a demarcação de territórios a serem colocados sob a administração da ONU. E teremos mais crianças verdes e jovens saindo às ruas defendendo a causa. Desta vez serão os filhos daqueles adultos transformados em zumbis ecológicos que outrora foram as crianças verdes.

É espantoso que o vírus da desinformação e manipulação esteja tão impregnado nas mentes das pessoas, independentemente da classe social. Contamina desde milionários de Hollywood até crianças da paupérrima Uganda. A diferença é que uns morrem de overdose e outros de diarreia.


REFERÊNCIAS:

https://www.terra.com.br/noticias/mundo/austria-reafirma-proposta-de-cidadania-a-italianos-de-bolzano,4994397a4b07c721baa04374d31d24f45jy54wly.html
http://curiosidadesnigerianas.blogspot.com/p/linguas.html
https://epocanegocios.globo.com/Mundo/noticia/2017/12/estes-serao-os-paises-mais-populosos-de-2018.html
https://www.brasileiraspelomundo.com/qual-o-idioma-oficial-na-india-510777344
https://www.historiadomundo.com.br/indiana/linguas-indianas.htm
https://www.bbc.com/portuguese/internacional-41840429
https://www.chinalinktrading.com/blog/populacao-chinesa-etnias/
https://g1.globo.com/mundo/noticia/2019/01/21/crescimento-populacional-da-china-desacelera-apesar-de-fim-da-politica-do-filho-unico.ghtml

1 COMENTÁRIO

  1. O mundo assumindo posturas ecologicamente corretas, aderindo, por sua vez a consciencia imposta de que seres humanos são nocivos a “mãe terra”… Tá aí o famoso #GREENWASHING atual. Tal qual o gigantesco mural europeu pintado em homenagem a Greta Thunberg recusando-se a consumirem produtos e serviços nocivos, mas pintando com trocentas latas de spray de tinta com gases cfc.

    Jovens manipulados sem uma base sólida de conhecimento cientifico, protestando e vociferando contra tudo, foram doutrinados, e que acreditam salvarem gerações futuras, quando apoiam os maiores massacres da história humana velando uteros, fechando olhos e ouvidos a mais de 49 milhoes de VIDAS ceifadas no ultimo ano (2019) ssegundo levantamento das próprias organizações abortistas, as quais se vangloriam de tal dado. Apesar do chamado, “retrocesso” nas políticas publicas de “acessibilidade” às praticas abortistas, e a recusa de financiamento público para tais atos oriundas de uma nova onda conservadora que tem salvo o mínimo de moralidade que habita no ser humano consciente da dignidade da vida.

Participe da conversa

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui